segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

16 de janeiro de 2017 - Visita ao obelisco em Quatiguá com meu amigo Ocimar "xilik"

16 de janeiro de 2017 - Visita ao obelisco em Quatiguá com meu amigo Ocimar "xilik"
 Hoje eu e o Xilik fomos até Quatiguá. Mais especificamente na praça onde fica o obelisco em homenagem aos heróis tombados na guerra de 1930 entre São Paulo e Rio Grande do Sul. Engraçado que a praça em sí, tem uma atmosfera tranquila (pelo menos durante o dia) e transmite uma paz. Só em relembrar (o que não vivenciamos) nos dá um certo dó e tristeza pelos que ali foram mortos.
 Em 2014 eu com meu filho Vinícius já tínhamos visitado o obelisco. https://jecanatrilha.blogspot.com.br/2014/04/20-de-abril-de-2014-visita-ao-obelisco.html 














Sobre os heróis

OBELISCO DA PRAÇA E SOLDADOS SEPULTADOS SOB ELE:

Existem realmente ossos humanos sepultados sob o monumento da Praça Eurides Fernandes do Nascimento?
A tradição da cidade afirma que ali foram depositados os ossos de seis combatentes mortos nos combates dos dias 12 e 13 de outubro de 1930 em Quatiguá. Em 1984 o jornal Folha de Londrina publicou reportagem de uma pagina inteira. Os ossos dos seis soldados, destes cinco seriam Paulistas, foram transladados e a coloca-los sob o monumento no centro da Praça. 
Na verdade não se sabe precisamente o número de mortos e feridos no choque armado em Quatiguá. 
A maior parte teria sido levada pelas tropas gaúchas e muitos que já estavam em estado avançado de decomposição foram enterrados ali mesmo nos campos de cafezais em valas comuns, de cinco em cinco.(tenso)
O pior que muitos foram esquecidos nas lavouras de cafezais. Os que tiveram sorte tiveram um enterro descente nos cemitérios de Quatiguá e de Siqueira Campos.

Por fim...
O legal de pedalar por cidades vizinhas é saber um pouco, nem que seja de modo resumido, a sua história e seus costumes e tradições.
Até mais!!